Do parto ao porto

* Carlos Ayres Britto A crise brasileira dos dias presentes é um divisor de águas. Divide um Brasil multissecularmente patrimonialista e um Brasil que decidiu extirpar de si essa primeira e mais grave causa de sua fragilidade estrutural. Um foco de fragilidade estrutural -esse tal de patrimonialismo- que se desdobra numa diabólica trindade: a corrupção…

Details

O direito ao esquecimento e a questão da mulher no Brasil

Por Saul Tourinho Leal* Ocorreu, dia 12/6/2017, no Supremo Tribunal Federal, audiência pública a respeito do chamado “direito ao esquecimento”, vinculada ao RE 1.010.606, de relatoria do ministro Dias Toffoli, que deliberará sobre o Tema 786 da repercussão geral: “Aplicabilidade do direito ao esquecimento na esfera civil quando for invocado pela própria vítima ou pelos…

Details

Erário rima com sacrário

*CARLOS AYRES BRITTO É de Albert Einstein este categórico juízo: “A imaginação é mais importante que o conhecimento”. De Mário Quintana, esta conhecida metáfora: “A imaginação é a memória que enlouqueceu”. Pelo que passei a imaginar como a “Ética” escreveria um texto sobre si mesma, no torvelinho da atual quadra histórica do Brasil. Deu nos…

Details

Entre o joio e o joio

* Carlos Ayres Britto Importa, sim, que os inquéritos policiais a serem abertos sob a supervisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, busquem diferenciar os diversos modos de uso dessa erva daninha que atende pelo nome de caixa dois. É que, em tese, há um caixa dois que sai por aí a contaminar…

Details